quinta-feira, 1 de julho de 2010

Você

,

Enquanto eu olho para traz, vejo que aprendi muito.
Enquanto eu olho para o céu, sonho com um abraço teu.
As vezes me pergunto sobre a sua personalidade estranha.
As vezes sorrio com a tua ironia.

E quando te coloco em minha mente, os meus sonhos transbordam.
Quanto te conserto da forma exata que eu pretendo, vejo que na verdade não é assim que eu quero, eu quero ver teu sorriso em meio aos teus defeitos.
Minha inspiração, é você. Eu fecho os olhos para lhe ver.
E os teus olhos encantam a luz de um dia frio e vazio.
As tuas palavras soam como mel e cada vez eu desejo ouvi-las mais e me deliciar com a tua voz rouca que eclode em meus ouvidos.


1 comentários:

  • 1 de julho de 2010 12:33
    Julia Melo says:

    Ai querida quase chorei ... GHADYGSDYSGDYASDG'
    Obrigada pelos elogios, e posso perceber seu talento aqui também. Adimiro quem faz poesia, porque eu sou muito ruim nessa área.

    Gostaria de um dia poder usar essa frase em meu conto: Quanto te conserto da forma exata que eu pretendo, vejo que na verdade não é assim que eu quero, eu quero ver teu sorriso em meio aos teus defeitos.

    adorei-a demais, e é exatamente como a Fernanda via o Leandro antes de entrar em coma.

    Da onde eu tiro inspiração ? Do meu dia-a-dia.
    o Leandro é baseado em um garoto real, e a Fernanda é uma mistura de mim, com mais milhares de meninas nesse mundo.
    O que me deixa com medo é ver que está virando um livro :s

    beijo xará.

Postar um comentário

 

Adube sua vida. Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger Templates