quinta-feira, 1 de julho de 2010

Nada como um dia após o outro.

,


Mais tarde, na casa de Luana...

- Realmente, eu nunca pensei que o Pedro Marcos fosse esse tipo de cara! Mas não esquenta, amiga. Nada mais vai nos separar, está bem? - Luana falou seguramente.
- Só agora eu percebo o quanto essa paixão estúpida me consumia. Eu vivia no trabalho e não tinha tempo pra nada.
- E o pior é saber que ele sempre soube dos seus sentimentos... Mas esqueça isso. Viva essa nova fase!
- Estou planejando uma viagem com o André.
- Tão cedo?
- Não tenho nada a temer.
- E aonde vocês irão?
- Não sei. Na verdade, esta viagem ainda está só na minha mente, mas tenho certeza de que ele vai adorar a ideia.


Depois da conversa com Lia, Luana saiu ao encontro de André, agora em um outro lugar. Porém, antes de sair, Luana escreveu brevemente em seu diário:


'
'Tudo novo, de novo. Começar do zero ... é isso que André vem me ensinando: a viver sem apego às coisas. Eu acredito que ele não apareceu na minha vida por acaso, mas sim pela graça de Deus. Venho há alguns anos tentando descobrir impacientemente se a vida havia reservado a minha alma gêmea e  hoje percebi ela realmente existe. O amor só é amor quando é algo que lhe faz bem. André tem feito de mim uma pessoa melhor. A cada dia percebo o meu caráter sendo moldado pela pessoa maravilhosa que ele é.''


A campainha toca, e  Luana vai imediatamente atendê-la.
- Oi ! - ela diz entre um suspiro, ele apenas sorri e a beija apaixonadamente.












2 comentários to “Nada como um dia após o outro.”

  • 1 de julho de 2010 15:46
    Rute Vieira says:

    que cena linda!

    "O amor, só é amor, quando é algo que lhe faz bem."
    sim, o dito é verdade.

    beijo no ombro.

  • 1 de julho de 2010 15:47

    *-* obrigada amr.

Postar um comentário

 

Adube sua vida. Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger Templates