segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Socialismo ou Capitalismo?

,


 O anti-socialismo que corrompe a minha vida predomina cada vez mais em minha personalidade amargurada de menina mal amada. Sou fã de Legião Urbana, mais ainda de Renato Russo, nasci no ano em que morreu. Renato foi um homem que tentou mudar a forma de pensar e agir dos jovens de sua época com suas músicas e composições revolucionárias, acredito que não será um musico que irá mudar a forma de pensar dos brasileiros, ainda existem muitos "músicos" que fazem música para coisas tão banais, músicos que não pregam uma mensagem construtiva, falar de amor, paixões e afins nas músicas não é tudo. Apesar de que a grande maioria fala disso.
 O Brasil precisa de pessoas que realmente tenham um pulso forte para dar um basta em toda essa corrupção, tenho minhas duvidas sobre a nossa atual presidenta, Dilma Rousseff, uma mulher que já assaltou um banco, nunca teve um contato direto com a liderança de um estado ou nação, será ela capaz de enfrentar os problemas de um país subdesenvolvido, que carrega por si só uma série de problemas sociais e econômicos? Porém, a seguinte presidenta sempre teve um papel muito revolucionário em toda a sua carreira, o que pode ser bom, mas também pode ser péssimo. O fato é, nós queremos um Brasil socialista - assim como Cuba - ou queremos um Brasil capitalista - assim como EUA ?
 Precisamos de alguém que eduque o povo brasileiro, precisa-se abrir um leque para informações e ideias novas, os brasileiros precisam de um líder que faça esta nação pensar como país desenvolvido, e não mais como país subdesenvolvido. Quando digo que tenho minhas duvidas, realmente, eu tenho. Não tenho uma base acadêmica ao alcance para falar de política, mas sei que qualquer que fosse o candidato a ser eleito causaria um grande impacto na economia brasileira, isso é certo. O meu medo é o impacto que será causado em nossas vidas a nível social.
 Ao longo dos anos, depois da ditadura militar o povo vem ficando cada vez mais conformado, "Políticos são corruptos, mas é assim mesmo, isso aí não tem jeito." Aquele que se conforma não se informa. Nós, cidadãos brasileiros temos o pleno direito de protestar, divulgar as nossa opiniões, porém, o que é lamentável, é ver toda a bandidagem acontecer na capital do nosso país e não fazer absolutamente nada. A população está ficando cada vez mais conservadora, de certo modo, é terrível que fiquemos assim, um exemplo disso é quando vemos um protesto na televisão de cidadãos comuns exigindo seus direitos, militares entram acabando com o protesto, o governo raramente soluciona o problema e por muitas vezes pessoas saem feridas da seguinte eventualidade, então ficamos abismados com os protestantes! Eles estão no direito deles!
 Será que sofreremos mudanças drásticas em nosso país? Socialismo ou Capitalismo? Eis a questão.

Demorei muito tempo pra fazer esse texto, não sei se ficou bom, mas vai ser esse mesmo que vou mandar para o Jornal da escola. Queria deixar claro que não tenho nada contra a Dilma, nossa atual presidenta, mas tenho medo do que ela pode tentar fazer.

2 comentários to “Socialismo ou Capitalismo?”

  • 9 de novembro de 2010 15:11
    Anônimo says:

    Pulso firme a Dilma tem, mas não acredito que acabará com a corrupção. Isso realmente é impossivel de acabar, mas não impossível de diminuir.
    Seja socialista ou capitalista, quero um Brasil pra chamar de meu, de nosso; quero um Brasil que se imponha, de opnião e, que também tenha habitantes desse nível. Aqui não adianta, para o brasileiro basta uma cesta básica e fica tudo certo, poucos querem saber de reclamar os seus direitos, o conformismo é característica forte do brasileiro.
    Aff...chega dá raiva! por isso que eu queria ser terrorista...

    ótimo texto Júlia!

  • 9 de novembro de 2010 15:17

    Concordo com tudo Julia, e acho que analisando atualmente , capitalismo e socialismo nunca vão conseguir andar de mãos dadas, por isso acho que deveríamos olhar mais pelo ponto de vista da sociedade em si, porque se existe alguém que será afetado por qualquer coisa que aconteça nela, seremos nós. E isso é uma questão muito pouco analisada pela maioria dos brasileiro, que elegeram Dilma - concordo com você a respeito dela nos pontos de vista, mesmo não tendo nada contra - e pelo que acontecerá daqui pra frente a partir de agora.

    Excelente post ameba, acho que todos devíamos ouvir isso. Vai ficar lindo no Jornal da Escola o/ beijos.

Postar um comentário

 

Adube sua vida. Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger Templates